Cinta modeladora pós-parto garante benefícios ao corpo da mulher A cinta modeladora pós-parto é item indispensável no armário feminino após o fim da gravidez. O acessório ajuda a diminuir o inchaço e a flacidez, garante maior segurança para a mulher se movimentar com mais liberdade, afina a silhueta instantaneamente e ainda é capaz de “reorganizar” os órgãos do corpo para seu devido lugar.

A cinta modeladora pós-parto é item indispensável no armário feminino após o fim da gravidez. O acessório ajuda a diminuir o inchaço e a flacidez, garante maior segurança para a mulher se movimentar com mais liberdade, afina a silhueta instantaneamente e ainda é capaz de “reorganizar” os órgãos do corpo para seu devido lugar. Mas o principal diferencial da peça é de fato o conforto proporcionado.

Cinta proporciona conforto e segurança

Após o nascimento do bebê, o útero diminui naturalmente. Isso causa a impressão de que o órgão está solto dentro do abdômen e que tomba para o lado quando a mulher se mexe, o que pode ser extremamente desconfortável. Para as novas mamães que realizaram o parto através de cesárea, o uso da cinta é ainda mais benéfico, já que o pós-operatório é mais dolorido e o acessório a faz se sentir mais à vontade para realizar atividades do dia a dia.

O uso da cinta modeladora pós-parto também é vantajoso para as mulheres que se preocupam com sua boa forma depois da gestação. Acreditar que a peça ajuda a diminuir a barriga a longo prazo e a faz voltar mais rapidamente para o lugar é um mito. Apesar disso, o acessório é capaz de delinear a silhueta e produzir uma redução momentânea da aparência do abdômen enquanto o corpo não volta ao normal.

Uso do acessório pede alguns cuidados

Para as mulheres que desejam usar a cinta modeladora, o primeiro passo é procurar orientação médica, já que o acessório é contraindicado em alguns casos, como em situações de sangramento acima do normal ou ferida operatória infectada e que o corte precisa ser arejado. Mesmo quando o uso da peça é permitido, ela não deve ser vestida imediatamente após o parto. O ideal é esperar até que o intestino volte a funcionar para não sofrer com o incômodo de gases.

Na hora de vestir a cinta modeladora pós-parto, perceba se ela causa qualquer tipo de incômodo. A peça deve estar rígida e segura, porém, sem comprimir demais o corpo da mulher, o que poderia até mesmo prejudicar a circulação sanguínea. Observe também se o acessório está posicionado corretamente, cobrindo o abdômen por completo, inclusive a cicatriz, em casos de cesariana, para evitar o acúmulo de líquido.

Deixe um comentário